Skip to Content

Gravidez e condução

Gravidez e condução

A proteção do bebé começa na gravidez.

No entanto, muitas grávidas julgam que o cinto de segurança pode magoar o feto em caso de colisão. É importante não esquecer que a melhor maneira de proteger o feto é proteger a mãe, e que para garantir a maior segurança no automóvel é necessário usar o cinto.

Alguns conselhos úteis para prevenir acidentes durante a gravidez.

Gravidez  e condução 

embarazo-y-conduccion.jpgDe uma maneira geral, as grávidas podem conduzir e viajar de carro utilizando, normalmente, o cinto de segurança, a não ser que o seu médico o desaconselhe. Quando o obstetra tiver dúvidas sobre o uso do cinto de segurança é preciso limitar as viagens de carro, na medida do possível.

Em determinados casos, e à medida que a gravidez avança, também pode ser aconselhável deixar de conduzir ou de viajar de carro. Por exemplo, quando é impossível manter uma posição de condução cómoda ou quando a barriga da grávida fica demasiado próxima do volante.

Em viagens longas, é conveniente aumentar o número de paragens para descansar e para a grávida caminhar (importante para ativar a circulação).

Após o nascimento da criança, deve deixar passar algum tempo antes de recomeçar a conduzir: recomenda-se 3 semanas em caso de parto normal e 6 semanas em caso de parto por cesariana. Consulte os profissionais de saúde que acompanharam a gravidez.

Muito importante! Se está grávida, e caso sofra um acidente de viação, mesmo que não muito violento, marque uma consulta com o obstetra.

Cinto de segurança. Conselhos práticos

As mulheres grávidas devem usar sempre o cinto de segurança: é a melhor maneira de proteger tanto a mãe como o feto.

As exceções devem estar devidamente justificadas por um médico. Do ponto de vista legal é necessário possuir uma declaração médica.

Utilizar conjuntamente o airbag e o cinto de segurança é mais seguro. Por isso, não é aconselhável desligar o airbag, embora seja importante a grávida sentar-se o mais afastada possível do volante ou tablier.

E, quando chega o feliz momento…

O recém-nascido deve ir corretamente protegido com um sistema de retenção para crianças desde a sua primeira viagem, da maternidade para casa.


 


 

Back to top