Skip to Content

Como o calor pode as crianças com necessidades especiais em viagens de carro?

¿Cómo puede afectar el calor a los viajes en coche de niños con necesidades especiales?

23/08/2018

As crianças, geralmente, sofrem os efeitos do calor de uma maneira mais intensa se comparado aos adultos. Quando falamos das viagens de carro durante o verão, temos que ter em mente que o calor será mais intenso e afetará as crianças fazendo que suem mais, que tenham mais sono ou, nos casos mais graves, que sofram um choque de calor. No caso das crianças com necessidades especiais isto é mais notável, e dependendo da sua condição, as consequências do calor para eles pode variar.

No caso de viajar com crianças com necessidades especiais, a primeira coisa que deveríamos fazer é consultar seu médico especialista e contar o tipo de viagem que queremos fazer, sua duração e a onde vamos. Dependendo do destino, a condição e o caso em particular podemos receber umas dicas e outras. 

De qualquer forma, nestas páginas temos uma série de artigos mais específicos sobre crianças com necessidades especiais, atendendo às diferentes condições que possa ocorrer. Além disso, conta com um artigo completo com conselhos que podem ser de muita utilidade para você na hora de preparar uma viagem, sobretudo nos casos em que for viajar para fora do país. Todos estes artigos podem servir como apoio e ajuda para compreender os tipos de necessidades que podem surgir nas viagens de carro.

Dependendo da doença de cada criança, e inclusive dependendo de cada caso em particular, o calor pode afetar de maneira diferente as crianças. Sempre podemos dar alguns conselhos gerais para superar o calor, por exemplo, se a criança soa muito sentada em sua cadeirinha. O suor não é algo prejudicial sempre que estiver controlado. No caso da criança suar muito, poderá ficar desidratada.

Além disso, quando deixamos o ar acondicionado ligado o suor que molha suas roupas pode esfriar o corpo e a criança poderá ficar resfriada, sobretudo nos casos em que ela tiver mobilidade reduzida. Felizmente podemos aliviar facilmente o calor nos assentos traseiros e viajar mais tranquilos, sobretudo nos casos em que forem viajar viradas para trás.

O efeito do calor é mais perigoso em crianças com doenças de pele, como é o caso da psoríase. As crianças com essa doença possuem uma maior sensibilidade ao aumento da temperatura e aos raios do sol, por isso devemos redobrar nossos esforços na hora de protege-las do calor do sol, além de utilizar um creme de proteção solar de fator muito alto.

Outro caso que temos de ser muito cuidadosos com o sol e o aumento da temperatura no interior do veículo é o caso de crianças com pele de borboleta, uma condição que se caracteriza pela fragilidade da pele dos pacientes e especialmente das crianças.

Nossa recomendação está muito clara, e é a de consultar primeiramente o nosso médico especialista indicando que tipo de viagem queremos realizar, sua duração e todas as questões que julgamos poder afetar a criança durante as férias. São tantos fatores que podem afetar o bem-estar da criança que o melhor é consultar as generalidades sobre cada doença em nossos arquivos e passar pela consulta para esclarecer qualquer peculiaridade específica da cada caso.

Objetivo Zero
Back to top