Skip to Content

Como devem viajar as crianças com dores nas costas?

Como devem viajar as crianças com dores nas costas?

21/09/2016

Os problemas nas costas em crianças têm causas diversas e, em geral, não são sintomas de doenças graves. Ou seja, é raro ou muito raro que uma dor nas costas em crianças seja devido a problemas ósseos ou de vértebras, ou dos discos que ligam uma vértebra a outra: infecção, tumores ou malformações. Em tais casos, é melhor deixar nas mãos de um especialista e seguir seus conselhos. Exemplos de causas orgânicas ou específicas são a espondilolistese, cifose de Scheuermann, hérnia de disco, escoliose...

Em 90% dos casos, aproximadamente, as causas de dor nas costas não podem ser identificadas exatamente e diz-se que a criança tem uma dor inespecífica. Normalmente, é uma dor associada com a atividade física ou, inversamente, ao sedentarismo. Tanto a hiperatividade como inatividade excessiva pode levar a dores nas costas, tanto pelo excesso de trabalho ao que são submetidos os músculos das costas, como as más posturas sustentadas ao longo do tempo (ver televisão, jogar videogames, com o computador ou estudando).

De fato, grande parte dos problemas nas costas mais comuns em crianças tem origem no excesso de peso carregado diariamente com mochilas escolares, que não só forçam os músculos, mas também obrigam a criança a adotar posturas ruins para trazer o peso de seus materiais diários, comida e bebida. Outra causa comum é a realização de exercícios de alta intensidade ou muito exigentes com as costas.

A melhor maneira de prevenir a dor nas costas está na postura adequada

Ao viajar de carro, uma criança com dor nas costas deve manter a postura correta em todos os momentos. A não ser no caso de uma dor associada com uma doença, a qual pode exigir a utilização de um colete ortopédico, por exemplo, como no caso da cifose ou do arqueamento das costas, ou qualquer outra doença que exija o uso de uma cadeira especial, a criança deve sentar-se corretamente em sua cadeira, e esta deve ter a inclinação apropriada.

Se a criança possui problemas nas costas é bom estar ciente disso e tratar de não mover-se muito em vossa cadeira, mesmo que esteja devidamente presa por arneses (no caso das cadeiras dos grupos inferiores), a liberdade de movimento das costas estará limitada; se já utilizas um assento de elevação, é aconselhável informar a criança de seus problemas e sobre a melhor maneira de evitar a dor nas costas no carro, tornando-a consciente dos benefícios de manter a postura correta durante todo o trajeto.

Ademais, há de evitar as dores causadas por má postura durante o dia com exercícios regulares e adequados a sua idade, e mantendo a postura correta durante todo o dia e em cada situação, não somente no carro: sentados direito, com as costas coladas no encosto das cadeiras e pernas bem colocadas; a dormir em colchões duros (ou não muito moles); a carregar um peso justo em suas mochilas...


Ajude-nos a atingir esta meta

Back to top