Skip to Content

Ao volante, zero álcool e muito menos com crianças no carro

Al volante, cero alcohol y mucho menos con niños en el coche

26/12/2019

Durante as festas natalinas, é comum almoços e jantares de negócios, reuniões com amigos e familiares... Em muitos casos, usamos algum veículo para participar desses eventos. Nesse caso, é importante ter em mente que o consumo de álcool é um impedimento para sentar-se atrás do volante. Se você também está com crianças, há uma responsabilidade adicional. A melhor taxa é a 0. 

Você come com os amigos e depois pega as crianças na escola ou tem uma janta em família e depois tem que pegar a estrada. São duas situações muito comuns e diferentes, mas que podem ter o mesmo fator de risco: o álcool. Em todos esses casos, você está com crianças. 

Em primeiro lugar, é necessário ressaltar que tanto sozinho quanto acompanhado, você nunca deve dirigir sob a influência do álcool. O motivo? O álcool prejudica a capacidade de dirigir. 

Abordamos abaixo como o álcool afeta o motorista:

-Tende-se a subestimar como o álcool afeta a capacidade de dirigir. O famoso ‘eu controlo’. 

-Há riscos maiores e o motorista é menos cauteloso, ou seja, ele é mais irresponsável.

-Há uma falsa autoconfiança e superestima-se a capacidade de dirigir.

-Diminui o senso de responsabilidade e prudência.

-Há um aumento nos comportamentos impulsivos e agressivos.

-As luzes e sinais são menos perceptíveis. A capacidade ocular é alterada e o campo visual é reduzido.

-Percepção incorreta de distâncias e velocidade.

-Aumento de distrações.

-A capacidade de concentração é alterada e a atenção é focada no centro do campo visual.

-Menos coordenação, diminuição do desempenho muscular e equilíbrio prejudicado.

-Lentidão na tomada de decisões e errôneas. Aumento no tempo de reação.

Cada um desses fatores faz com que sejam cometidas mais infrações e, portanto, aumenta consideravelmente a possibilidade de sofrer um acidente de trânsito. 

Objetivo Zero
Back to top