Skip to Content

Conselhos se seu filho dorme no carro e fica fora do cinto diagonal

DefaultAlt

25/02/2015

Se a cadeira permite (consultar o manual de instruções), podemos inclinar um pouco e assim, estão em uma postura cômoda e segura. Mas a partir de 15 quilos, quando começam a viajar em cadeiras de segurança dos grupos II e III, às vezes, podem sair facilmente da faixa diagonal do cinto enquanto dormem, procurando uma postura mais cômoda. Mesmo com pena, acorde a criança, não podemos deixar que circule dessa forma. Não é nada seguro.

Os sistemas de retenção do grupo II e III elevam a criança até atingir a altura necessária para ajustar corretamente o cinto de segurança. Nestes dispositivos, que não têm arnês ou correias, é o próprio cinto o que segura tanto o menor, como a cadeira. Por isso é importantíssimo que o cinto esteja sempre perfeitamente colocado com a faixa inferior situada plana sobre os ossos da pélvis e a faixa superior passando sobre o esterno e a clavícula, sem tocar o pescoço.

Ambas as faixas agem em conjunto para segurar a parte superior e inferior do corpo do menor em caso de colisão ou detenção brusca. Se a faixa diagonal está embaixo do braço, a pressão direta sobre o abdômen pode provocar graves lesões internas. Se está por trás das costas ou se o cinto é colocado com espaços, além disso, pode produzir em caso de acidente o perigoso efeito submarining.

Por isso, quando as crianças dormem no carro, é importantíssimo verificar a cada pouco tempo se o cinto está bem colocado. Se detectamos que não leva o cinto bem colocado há que pôr na postura correta. Sem desculpas. Tendo em conta que nossa atenção deve permanecer na circulação, sempre a melhor opção é parar em uma área segura e colocar os sistemas de retenção de novo de maneira correta.

Não importa se já estamos chegando ao destino ou o curto que pensemos que vai ser o percurso. Nunca sabemos quando pode haver uma situação de risco.

A FUNDACIÓN MAPFRE não cansa de repetir que da mesma forma que não podemos aceitar que uma criança circule sem sua correspondente cadeira infantil, também não devemos permitir que o faça de uma forma inadequada e perigosa.

Os sonhos das crianças são importantes, mas bem mais é sua segurança e seu futuro. -Temos que agir sempre de forma responsável.

Back to top