Skip to Content

Vantagens e desvantagens das diferentes formas de transporte escolar

Ventajas y desventajas de las diferentes formas de transporte escolar

02/09/2021

Não sabe qual meio de transporte escolher para os seus filhos irem à escola? De carro, ônibus escolar, transporte público, bicicleta, a pé… São diversas as opções, assim como suas vantagens e desvantagens. Falamos mais sobre cada um deles para ajudá-lo a tomar essa importante decisão. 

-Ônibus escolar: 

É considerado um dos meios de transporte mais seguros e é o transporte mais utilizado por crianças na Espanha. 

É importante que o ônibus não tenha mais de 16 anos de uso e, é claro, possua cintos de segurança para maior segurança. A opção ideal é que permita a instalação de sistemas de retenção infantil. Neste infográfico, abordamos como as crianças devem ir no ônibus escolar. 

Nesse sentido, deve-se ressaltar que a presença de um acompanhante é obrigatória quando 50% das crianças transportadas tenham menos de 12 anos de idade. O acompanhante deve ser o primeiro a sair do veículo para verificar a segurança de acesso. Este último ponto é muito importante e, portanto, aumenta a importância da presença de um acompanhante, uma vez que a maior parte dos acidentes (90%) ocorre quando as crianças estão entrando ou saindo do ônibus. Este acompanhante também garante que todas as crianças se comportem de maneira adequada: que fiquem sentadas e com o cinto de segurança posto, que saiam de maneira ordenada, que os objetos sejam colocados no lugar certo... Aqui falamos de profissionais qualificados e preparados para a realização deste trabalho.

-Veículo particular:

Lembramos que crianças com altura inferior a 135 cm devem ir obrigatoriamente em um sistema de retenção infantil homologado de acordo com sua altura e idade, embora o ideal seja usar o SRI até atingir os 150 cm, altura em que o cinto de segurança fica colocado corretamente. 

O planejamento  é a chave. Devemos levar em consideração a circulação, o tempo que gastamos colocando corretamente a criança no sistema de retenção infantil, os possíveis imprevistos, os problemas de estacionamento na escola (é importante que a criança saia pelo lado da calçada)...

Um ponto a favor do veículo particular é a distância interpessoal que este meio de transporte garante. Um fator que deve ser levado em consideração na atual situação de pandemia. 

-A pé: 

Sem dúvida, a opção mais saudável. Um fator muito importante a ser considerado na escolha desta opção é determinar se a criança estará acompanhada ou não. Neste sentido, é importante que a criança realize este percurso sozinha apenas se estiver preparada e tiver a autonomia necessária para fazê-lo em total segurança. Atualmente dispomos do ‘percurso escolar seguro’, que contribui para tornar esse trajeto mais seguro. Destacamos também o projeto europeu STARS, que faz parte do Programa Europeu de Energia Inteligente, cujo principal objetivo é incentivar e premiar centros educativos que promovam deslocamentos sustentáveis e seguros entre seus alunos, seja a pé ou de bicicleta.

Os pedestres são um dos usuários mais vulneráveis das vias e, portanto, é importante que cumpram com as normas de trânsito em todos os momentos:

- Deve-se sempre atravessar pela faixa de pedestres, olhando para os dois lados da via antes de atravessar.

- Não atravessar correndo, pulando ou brincando; corre-se o risco de cair no meio da rua.

- Se forem muito pequenos, devem obrigatoriamente andar de mãos dadas com um adulto.

- Nunca passar entre veículos estacionados. Sua visibilidade é reduzida.

- Na calçada, caminhar sempre pelo lado interno, sempre prestando atenção às garagens.

- No caso de ter que andar pelo acostamento, o mais correto é andar pelo lado esquerdo, para que os motoristas possam vê-lo de frente.

Neste artigo abordamos alguns pontos para que uma criança circule pela cidade em segurança

- De bicicleta:

Um meio de transporte sustentável e saudável. Hoje, existem muitas escolas que fomentam este meio de transporte e é uma tradição profundamente enraizada em países europeus, como a Alemanha, por exemplo. 

É importante que as crianças estejam devidamente equipadas: elementos protetores, refletores e roupas adequadas e em cores chamativas. 

A isto devemos acrescentar que o menor deve ter a autonomia necessária para utilizar a bicicleta de forma responsável e respeitando sempre as leis de trânsito. 

Aqui oferecemos algumas dicas para usar a bicicleta em total segurança. É um meio de transporte saudável. No entanto, só é recomendado para crianças maiores, em cidades com trânsito calmo e de preferência com rotas específicas. Devemos ter em mente que a bicicleta compartilha a via com outros usuários, como carros, caminhões e ônibus, sendo o usuário da bicicleta o mais vulnerável de todos. 

-Transporte público:

De metrô, ônibus urbano ou interurbano… O transporte público é uma boa opção para ir à escola.Rápido, direto, acessível... É conveniente planejar o percurso e avaliar o tempo que leva para fazer o trajeto, seja em horário de pico ou não, a proximidade, se – no caso dos ônibus – é possível usar a cadeirinha...

Com tudo isso, deve-se destacar que todos os meios de transporte são seguros, desde que feitos com cautela e respeitando as regras implícitas para cada um deles. 

Por fim, a Fundación MAPFRE, em colaboração com a Associação Espanhola de Rodovias, elaborou um Manual de Inspeções de Segurança Viária em Ambientes Escolares. Para a sua criação, foram realizadas inspeções e auditorias em escolas de diferentes municípios espanhóis. Recomendamos a leitura. Achamos que pode ser muito útil para você.

Objetivo Zero
Back to top