Skip to Content

Sistemas de retenção infantil: isto é o que todos devem saber

20/10/2015

Sabemos o que é um sistema de retenção infantil? Este termo refere-se à conhecida como cadeira de veículo ou cadeira infantil. É um dispositivo que deve ser colocado no banco do veículo para que os bebés e crianças estejam seguros adequadamente e com maior segurança no caso duma travagem brusca ou sofrer um acidente.

Porém, as crianças não podem utilizar o cinto de segurança do veículo diretamente, pois não se adapta bem ao seu tamanho, já´que são muito pequenas. Por isso pode não segurar bem ou inclusive pode causar lesões (por exemplo se a faixa superior fica muito perto do pescoço ou se a faixa inferior está sobre o abdómen) ou quando menos, colocar as crianças em perigo (se não está cómoda, por exemplo, pois não pode cruzar as pernas, a criança vai para frente).

É por isso que é obrigatório que as crianças utilizem um sistema de retenção infantil para o veículo. Em Espanha desde o dia primeiro de outubro, por imperativo legal, todos os menores de idade, cuja altura seja igual ou inferior a 1,35 m, devem utilizar e também devem ir no banco de trás do veículo.Não podem ir no banco da frente (exceto quando o banco de trás esteja ocupado por menores de altura inferior a 135cm e não exista mais lugar livre para instalar o SRI na parte de trás).

É importante saber que não há apenas um sistema de retenção infantil, já que as crianças, de bebés a adolescentes, crescem e a cadeira deve estar adaptada à idade, altura e peso. A criança deve ter a cadeira correta ao seu tamanho: a cabeça não deve ficar superior ao encosto ou repouso.

Atualmente, podemos encontrar duas normativas de homologação de cadeiras infantis. Ambas vigentes até 2018, e podemos comprar cadeiras perfeitamente legais e seguras de acordo com uma ou outra (isto, basicamente, afeta na hora de comprar a cadeira ou ao trocar quando a criança cresce).

A norma antiga conhecida como ECE R44 é a que desaparecerá em 2018. Com esta norma as cadeiras se dividem em cinco grupos conforme idade e peso.

A nova norma, que está vigente desde 2013, é a conhecida como ECE R129, e também chamada i-Size. Com esta norma as cadeiras já não são divididas em grupos, e o peso é somente uma questão de limite de resistência da cadeira, sendo os critérios mais importantes para eleger um modelo ou outro, a idade e, principalmente, a altura.

Sintetizando: podemos encontrar cadeiras para bebés e cadeiras para crianças pequenas, ambas com o seu próprio sistema e assentos elevadores, com ou sem encosto, para ser utilizados com o próprio cinto de segurança do veículo, para as crianças maiores. Todos os tipos são conhecidos como sistemas de retenção infantil.

Há cadeiras para colocar no sentido da circulação (de frente) e no sentido contrário (de costas). Todos os testes de laboratório mostram que é mais seguro que as crianças, principalmente, as menores, estejam no sentido contrário à circulação, pois em caso de desaceleração brusca (travagem ou acidente), a força que o corpo sofre pela inércia é menor, e tanto a cabeça como o pescoço e as costas ficam bem seguras pelo encosto.

Até os 2 anos é muito recomendável que as crianças viagem no sentido contrário à circulação e é aconselhável, sempre que por altura (ou seja, que possam entrar na cadeira), até os 4 anos, ou quanto mais tempo melhor.

Além de usar a cadeira de veículo sempre, mesmo para um lugar muito perto, e tanto em cidade como na estrada, e de que seja a adequada para a idade, altura e peso do bebé ou da criança, é muito importante que esteja perfeitamente instalada no banco.

Há cadeiras de veículo que são seguras pelo próprio cinto de segurança do veículo. Devemos ler bem as instruções de montagem para garantir que o cinto está bem colocado e a cadeira firme. Há outras cadeiras que não utilizam o cinto, mas incluem duas fixações mecânicas inferiores

chamadas Isofix, que seguram a cadeira a argolas de aço que estão no banco. Normalmente, estas cadeiras também incluem um terceiro ponto de segurança: uma faixa com gancho chamada Top Tether ou um pé de apoio inferior. Neste infográfico explicamos os detalhes mais importantes que devem ser observados com atenção ao instalar uma cadeira

Lembre-se, não há desculpas para não usar os sistemas de retenção infantil. Não apenas porque é obrigatório e há multa, mas também pela segurança e proteção das crianças que sempre condicionam o nosso comportamento ao volante. Comemore o Halloween com os seus filhos sem deixar de lado a segurança

Back to top