Skip to Content

Se você aluga um carro, também necessita uma cadeira infantil

DefaultAlt

13/05/2015

Na Espanha por exemplo, é o artigo 117 do Regulamento Geral de Circulação que recolhe esta obrigatoriedade de nível internacional. As cadeiras infantis devem ser usadas tanto ao circular pelas ruas urbanas, como por vias interurbanas. Falamos de turismos e não sabemos se é nosso carro particular, o carro de um amigo ou familiar, um táxi ou um carro de aluguel.

Mais simples ainda: quando você aluga um carro sabe de forma natural que também deve usar o cinto de segurança? Pois o mesmo acontece com a cadeira infantil: quando alugamos um carro, por exemplo nas férias, as crianças também têm que usar um sistema de retenção infantil. Não há exceção.

Por certo, a idade e altura da obrigação de utilizar sistemas de retenção infantil no carro pode mudar conforme o país no que estamos ou conforme o país ao que viajamos, mesmo que pouco a pouco os critérios estão sendo unificados. Nesta mesma página da FUNDACIÓN MAPFRE você pode consultar o regulamento da cada país na seção sobre Legislação.

E ainda que não fosse obrigatório por lei, lembre-se que as crianças viajam no carro mais seguras e protegidas se estão em uma cadeira infantil. Já não há discussão a respeito, é uma realidade mais que comprovada por estatísticas e por testes de choque (crash tests).

O que você pode fazer então? Duas coisas. A primeira é viajar com sua cadeira infantil, isto é, desmontar a que tem no seu carro e levar de viagem. É um pouco chato, mas é a opção mais econômica. Ao viajar de avião é importante embrulhar a cadeira e proteger um pouco para que não sofrer danos durante os processos de carga e descarga.

A segunda opção é que junto com o carro de aluguel, alugue também uma cadeira infantil adequada à criança na própria agência de aluguel. Esta alternativa é um pouco mais cômoda, pois não é preciso viajar com sua cadeira, mas pode ser algo mais cara, principalmente, em períodos de aluguel mais longos.

De todo modo, as agências de aluguel de carros entendem a necessidade e obrigatoriedade dos sistemas de retenção infantil, e tentam aplicar tarifas não excessivas. Costuma-se cobrar por dias, mas normalmente há um máximo para que não seja caro demais (equivale aproximadamente ao custo de uma semana, e a partir daí, ainda que o aluguel seja, por exemplo, de duas semanas, não pagará mais que uma).

Um pequeno inconveniente de alugar a cadeira infantil, mas que não tem por que acontecer, de modo que não se preocupe demais, é que a criança possa estranhar e não aceitar usar da mesma forma que sua própria cadeira. Não deve ser um grande problema.

Se propomos como um jogo, por exemplo, para que procure quais são as diferenças e quais são as coisas em comum com sua cadeira, e, principalmente, se explicamos que no fundo é muito parecida à sua, explicamos as partes que têm um arnês para que esteja seguro, como em sua cadeira e que assim, vai ir mais seguro e cômodo, a criança entende e aceita.

Um último conselho: é importante ter o cuidado de reservar o carro com a cadeira antecipadamente, pois é um elemento que não vem em todos os carros, pode ter unidades limitadas na agência onde está o carro, e também para que entreguem o carro com a cadeira já corretamente instalada no banco.

13/05/2015

Back to top