Skip to Content

Com quantas crianças com cadeira posso andar no carro?

Com quantas crianças com cadeira posso andar no carro?

04/04/2016

Podem entrar 4 crianças com a cadeira correspondente no meu carro? O que dizem as normas a este respeito? No momento de viajar com crianças podem surgir-nos muitas dúvidas deste tipo, especialmente se não estivermos habituados e se passámos a ser uma família numerosa. Abordamos o que dizem as normas a este respeito e indicamos as diferentes alternativas possíveis.

QUANTOS PASSAGEIROS PODEM IR NUM CARRO?

O Regulamento de Circulação indica de forma clara: o número de pessoas transportadas num veículo não poderá ser superior ao dos lugares que tenha autorizados. Isto quer dizer que, se tivermos um veículo de 5 lugares, só poderão viajar 4 crianças. Se formos num monovolume de 7 lugares, poderemos ir com 6 crianças.

No entanto, nem tudo depende do que está referido nas normas em relação ao número de ocupantes. Devemos também ter em conta quantos sistemas de retenção infantil entram no carro e se posso colocar uma criança na parte dianteira.

Obviamente, é totalmente proibido levar pessoas em localização diferente da destinada e acondicionada para elas nos veículos.

COMO DEVEM VIAJAR AS CRIANÇAS?

Assim como os adultos devem ir com o correspondente cinto de segurança em todos os assentos, os menores de estatura igual ou inferior a 135 centímetros devem utilizar sistemas de retenção infantil. No artigo ‘Em que o afetam as novas normas na colocação da cadeira do seu filho’ abordamos com pormenor as novidades sobre como devem ir os mais pequenos.

Nos termos da legislação existente em Espanha, relativamente ao uso de cadeiras infantis nos veículos, quando uma criança ultrapasse 1,35 metros de altura, pode viajar usando indistintamente o cinto de segurança ou um dispositivo de retenção infantil (SRI). No intuito de evitar que o cinto não passe corretamente à altura do pescoço, muitos pais optam por colocar um assento elevatório no lugar, o que permite ganhar alguns centímetro extras, evitando que o cinto diagonal fique sobre o pescoço da criança.

Recordamos que se fala sempre de veículos até 9 lugares, incluindo o condutor, ou seja, 8 acompanhantes. Todas as crianças devem ir nos assentos traseiros. Poderão ir no assento dianteiro com a cadeira correspondente se os assentos de trás estiverem também ocupados por menores com cadeira ou se não for possível colocar o SRI na parte traseira (são algumas exceções).

04/04/2016

04/04/2016

FATORES A TER EM CONTA:

  • Em primeiro lugar, deve-se destacar que depende muito do tipo de cadeira. Por exemplo, no caso de termos que colocar uma criança na parte do copiloto, só poderemos colocar o sistema de retenção orientado para trás e sempre com o airbag desativado. Não é igual viajar com cadeiras do Grupo 0, Grupo 0+, Grupo 1 e Grupo 2 ou com as do Grupo 3 (recordamos a importância dos assentos ou almofadas elevatórias).
  • Devemos verificar se o assento do meio da parte traseira permite a instalação de cadeiras. Muitos não oferecem esta possibilidade por não contarem com sistema isofix e por não oferecem qualquer outra opção.
  • Tudo depende do número de lugares. Para um monovolume, poderemos incluir SRI nos assentos disponíveis se não roçarem entre si e se puderem ser bem colocados, além de contarem com o sistema necessário para a sua fixação.

POSSÍVEIS OPÇÕES NUM CARRO DE 5 LUGARES:

  • Quatro cadeiras: Estaríamos a falar de um veículo muito grande. Um volume amplo que permita a instalação das cadeiras sem que rocem. É muito pouco provável que ocorra este caso devido às dimensões das cadeiras. Também não a poderemos colocar à frente no sentido contrário se não for possível desativar o airbag e fazer marcha-atrás.
  • Duas cadeiras atrás e um assento elevatório na parte traseira, mais outro SRI à frente: pode passar como no caso das quatro cadeiras, que rocem e que seja impossível a sua instalação a não ser que falemos de um veículo grande de tipo monovolume, e é preciso lembrar sempre o que o Regulamento diz sobre levar sistemas de retenção na parte dianteira.
  • Duas cadeiras atrás e outra à frente: provavelmente a opção que temos se falarmos de um carro pequeno e o assento no meio não oferecer a possibilidade de colocar sistemas de retenção infantil. Em todo o caso devemos ter em conta que só podem ir à frente se atrás estiver completo com crianças com cadeira, devendo ser retirado o airbag e usando um SRI que se coloca no sentido contrário à marcha.

PORQUE NÃO DEVEMOS IR COM MAIS CRIANÇAS DO QUE O PERMITIDO?

Não podemos esquecer que ir no veículo com uma ocupação excessiva implica uma infração muito grave. Concretamente, não se pode aumentar em 50% o número de lugares autorizados. Neste caso, o nosso carro poderá ser imobilizado enquanto subsista a causa da infração.

E se levar uns com cadeira e outros com cinto? Devemos ter em conta que, além de estarem mais desprotegidas do que as crianças que vão com o sistema de retenção infantil, a falta de instalação e a não utilização destes sistemas são consideradas infrações graves ou muito graves, implicando a imobilização do veículo e a retirada de 3 pontos de carta mas, sobretudo, o mais importante é que o menor estará menos seguro.


Ajude-nos a atingir esta meta

Back to top