Skip to Content

Perguntas que um vendedor deve resolver ao comprar uma cadeirinha para carro

Preguntas que te debe resolver un vendedor a la hora de comprar una sillita de coche

06/05/2019

Existem muitas perguntas a serem feitas ao comprar uma cadeirinha para carro. Para muitos pais, as dúvidas são numerosas e o processo de escolher um SRI e sua compra subsequente pode ser complicada. 

Procurar um bom profissional para nos aconselhar numa loja especializada é uma grande ajuda para poder fazer a melhor escolha.  Essa compra presencial é importante para entender qual cadeirinha é a melhor para nós, quanto tempo ela pode ser usada, também se é uma cadeirinha confiável, homologada e com qualidade testada

Vejamos algumas das perguntas mais importantes que um vendedor deve resolver quando formos comprar um cadeirinha infantil para carro.

O que é o sistema i-Size?

Isso é fundamental. Temos que entender os novos regulamentos e as diferenças com a anterior, a fim de fazer uma escolha informada e correta. Nestas páginas falamos muito sobre i-Size e como os veículos se adaptaram ao regulamento.

Eu tenho que mudar minha cadeirinha se não for i-Size?

No momento, as duas regras (R44 / 04 e R-129 ou i-Size) convivem sem nenhum problema.  Qualquer um pode comprar uma cadeirinha homologada de acordo com um dos dois regulamentos, embora haja um momento em que não seja mais possível usar cadeirinhas R44/04.  Apesar de não estipular de modo contrário, estas cadeirinhas ainda podem ser vendidas a particulares.

O que devo considerar no momento de comprar um sistema de retenção infantil?

Em primeiro lugar, seja homologado. Em segundo lugar, que atenda aos critérios mínimos de qualidade e segurança.  Em terceiro lugar, que seja apropriado para as características físicas da criança e compatível com o carro onde você vai viajar. Aqui discutimos o que se deve ter em mente ao comprar uma cadeirinha para carro pela primeira vez.

Como as crianças devem se sentar no carro?

As crianças devem estar sentadas em um SRI homologado e adequado às suas características físicas. Além disso, devem viajar bem presos, com o arnês apertado, ou com um cinto de segurança bem colocado. Devem fazê-lo, pelo regulamento, nas cadeirinhas traseiras do carro, desde que não se enquadrem em uma dessas exceções: 

  • Em veículos que não disponham de assentos traseiros.
  • Em assentos que não possuam cintos de segurança.
  • Crianças com menos de 3 anos se viradas para trás (com airbag frontal desativado).

Posso levar a criança na frente se não cabe uma terceira cadeirinha atrás?

De acordo com os regulamentos, se você não puder instalar sistemas de retenção infantil nos assentos traseiros, ou se estes já estiverem ocupados por crianças com seus respectivos sistemas, sim.

Você pode levar a criança com o cinto de segurança?

Somente quando atende às características apropriadas. Quanto ao regulamento, a partir de 135 cm de altura poderia usar o cinto de segurança como o único sistema de retenção, mas é aconselhável esperar até 150 cm, para evitar lesões no pescoço. Entretanto, a recomendação é um assento elevatório com encosto e proteção lateral.

É aconselhável colocar a criança em uma cadeirinha para carro virada para trás ou em uma na direção da marcha?

As cadeirinhas virada para trás garantem uma maior proteção da cabeça, pescoço e coluna, precisamente nas partes mais vulneráveis, especialmente quando falamos de crianças. Na verdade, podem evitar ferimentos graves em caso de acidente em um 80%.

Quanto tempo eles deveriam ir viradas para trás?

Para o acima mencionado, devem ir viradas para trás o maior tempo possível, sempre que possível, e pelo menos até os 4 anos de idade. 

Deve-se ter em mente que os SRI homologados sob a regra i-Size obrigam a ir nessa direção até os 15 meses de idade e que os Grupos 0 e 0+ também seguem nesse sentido.

Cada vez mais, o mercado oferece sistemas específicos de retenção infantil, para que os pais possam levar os filhos virados para trás. Em geral, podemos encontrar este tipo de cadeirinhas até 25 kg e 120 cm.

Ir virado para trás pode danificar as pernas das crianças?

É uma das dúvidas mais comuns sobre a ideia de levar as crianças viradas para trás. A resposta é não, não tem por que machucar as pernas. Dependendo da altura da criança, podem viajar mais ou menos desconfortavelmente, mas a segurança extra que as cadeirinhas viradas para trás oferecem compensam claramente qualquer desconforto da criança.

Como o sistema de retenção infantil é instalado e como a criança é colocada?

O vendedor deve ser treinado para explicar perfeitamente cada um dos pontos que devem ser seguidos. Claro, sempre seguindo as instruções do fabricante. Deve ser capaz de mostrar como a cadeirinha é instalada, se tem conectores isofix, como proceder com sua colocação; e se for com um cinto, as ranhuras onde passar e como. Também deve mostrar como colocar o arnês, o pé de apoio ou o top tether, no caso de ter estes sistemas anti-inclinação. 

Aqui mostramos algumas diretrizes gerais.

Objetivo Zero
Back to top