Skip to Content

Para que serve o sinal luminoso V-16 e como ele pode nos ajudar em caso de acidente ou avaria?

¿Para qué sirve la señal luminosa V-16 y cómo nos puede ayudar en caso de siniestro o avería?

03/02/2021

O que devemos fazer se ocorrer uma avaria? Hoje, a parada do veículo deve ser sinalizada com os triângulos. O motorista deve vestir o colete refletivo, acender as luzes de emergência e sair para colocar os triângulos. Devemos colocar um triângulo na frente e outro atrás a uma distância mínima de 50 metros do carro e visível a 100 metros em estradas de mão dupla. Se for de mão única, basta colocar um triângulo atrás. Claro, se se tratar de um acidente de trânsito, devemos ativar o protocolo PAS (Proteger, Avisar e Socorrer).

Nesse caso, o usuário que coloca os triângulos corre um grande risco, principalmente quando a avaria ou acidente ocorre em uma rodovia, onde os veículos trafegam em alta velocidade. Somente em 2020, 92 pedestres foram mortos nas vias interurbanas quando estavam sinalizando um acidente, segundo a Direção Geral de Trânsito (DGT) na Espanha . Para evitar este grande risco assumido pelos usuários, a DGT na Espanha quer substituir os triângulos pelo sinal luminoso V-16. Dessa forma, o motorista só precisa esticar o braço para colocar o dispositivo luminoso no teto do veículo. Essa luz oferece maior visibilidade. Por um lado, o risco de atropelamento é totalmente reduzido, pois o usuário não precisa sair do carro e, por outro, a visibilidade é aumentada em 360 graus. 

Atualmente, esse dispositivo pode ser usado em combinação com os triângulos. Temos que esperar até que a DGT os torne obrigatórios, momento em que haverá um período de transição no qual o usuário poderá escolher se deseja usar um elemento ou outro para sinalizar avarias ou sinistros. Posteriormente e sem data marcada, será obrigatória somente a utilização do sinal luminoso V-16.

CARACTERÍSTICAS DA LUZ V-16

Na Espanha, o Anexo XI do Regulamento Geral de Veículos apresenta as características que esses dispositivos luminosos devem ter. 

  • Dispositivo luminoso de cor amarela.
  • Frequência da luz: entre 0,8 e 2 Hz.
  • Deve ter um grau de proteção IP54 contra agentes externos como poeira ou água. 
  • Ser visível a cerca de 1.000 metros e cobrir um ângulo de 360 graus.
  • A alimentação deve ser autônoma, ou seja, através de uma pilha ou bateria. 
  • Deve ficar estável em superfície plana, sem se mover devido ao efeito do vento ou da chuva.
  • O dispositivo deve ser homologado e cumprir com as características estabelecidas no Regulamento Geral de Veículos.

COMO DEVE SER UTILIZADA?

Conforme indicamos, se você quiser usar esse dispositivo, atualmente deve ser feito em combinação com os triângulos até que a normativa indique o contrário. 

O usuário deve manter o dispositivo no porta-luvas para tê-lo sempre à mão, quando necessário. Sob nenhuma circunstância deve ficar solto dentro da cabine, pois sair em disparada ante a menor frenagem. 

Se sofrer uma avaria ou acidente, não é necessário sair do veículo. Basta abrir a janela, tirar o braço para fora e colocar o dispositivo ligado em cima do teto. É aconselhável colocá-lo na parte mais alta do veículo e o mais próximo do lado da circulação dos veículos.

Atualmente, além disso, o usuário deve vestir o colete refletivo e colocar os triângulos. 

Por último, devemos mencionar que, dentro da plataforma de mobilidade inteligente DGT 3.0, um ponto de acesso de informação única, gratuita e verdadeira em tempo real sobre o que está acontecendo nas estradas, este dispositivo luminoso desempenha um papel importante. Especificamente, espera-se que as luzes V-16 sejam conectadas à plataforma e permitam, no futuro, informar aos demais veículos o ponto exato onde este sinal está ativo. 

Objetivo Zero
Back to top