Skip to Content

O que a televisão pode fazer pela segurança viária infantil?

¿Qué puede hacer la televisión por la seguridad vial infantil?

26/11/2018

Milhões de minutos de televisão são consumidos em casas com o objetivo de ser informado sobre as atualidades e entretenimento. São as notícias e outros programas de atualidade, onde a segurança viária se torna mais importante. O que a televisão pode fazer para reduzir os acidentes de trânsito e suas consequências? Pode reduzir a taxa de acidentes viários infantis?

Em 9 anos, onúmero de crianças que perdem a vida na estrada foi reduzido em 74,07%. No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer. É que os acidentes de trânsito ainda estão entre as principais causas de morte externa na infância. 

TELEVISÃO E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA O 'OBJETIVO ZERO'

Não há dúvida de que a televisão pode fazer muito pela segurança viária e, mais especificamente, pela segurança viária das crianças. Chegar aos pais e às pessoas que, de uma forma ou de outra, são responsáveis pelo transporte e pela educação é vital para alcançar mais pedestres responsáveis, passageiros mais comprometidos e futuros motoristas mais conscientes do problema. 

É assim que a televisão pode ajudar a segurança viária infantil:

-Crie conscientização sobre o problema divulgando campanhas. Divulgar as campanhas de comunicação que ocorrem em todo o mundo - em favor da segurança viária infantil. Desta forma, tentamos alcançar o maior número de pessoas possível.

-Que a segurança viária infantil faça parte da agenda política e social. A televisão pode garantir que os acidentes de trânsito que ocorrem na infância sejam colocados no foco de atenção da vida política e social, obtendo assim uma maior preocupação e interesse e maiores ações (como legislativas) que favoreçam sua erradicação. 

-Mostrar a dura realidade dos acidente viários. E não estamos falando de números, mas de pessoas. Mostrar que o comportamento irresponsável ao volante tem suas consequências e que é algo que acontece na vida real. É algo que acontece com pessoas reais todos os dias.

-Ensinar à sociedade a maneira correta de usar os sistemas de retenção infantil , respondendo às principais questões que podem surgir. A televisão pode apresentar as boas práticas, mostrar como um SRI deve ser usado, os possíveis erros que podem ser cometidos, sua importância ... Tudo do ponto de vista da prevenção. É que as más notícias significam que não foi feito o suficiente anteriormente para evitá-lo. Lembre-se que os acidentes de trânsito são evitáveis. 

-Alcançar os professores, pais e tutores, em resumo, os responsáveis por educar e conscientizar crianças. Se as crianças estão mais envolvidas com a segurança viária, o maior uso dos SRI por parte delas está sendo promovido, com mais pedestres comprometidos nas ruas e mais motoristas responsáveis ao volante. 

-Divulgação de estudos de pesquisa que possam ajudar a compreender melhor as causas de acidentes viários infantis e a forma de atingir o ‘Objetivo Zero’. Ao dar a conhecer os diferentes estudos realizados todos os anos sobre segurança viária infantil, é possível compreender melhor por que estes acidentes ocorrem e como resolvê-los. 

-Conseguir que a própria sociedade se torne um prescritor de bom comportamento ao volante. Somente se a sociedade for alcançada de maneira convincente e direta, poderemos alcançar que todos nós nos tornemos emissores e divulgadores de bons comportamentos de segurança viária, sem dúvida, a televisão e outras mídias podem alcançar isso. 

Objetivo Zero
Back to top