Skip to Content

O que posso fazer para que meu filho não tenha tanto calor na cadeirinha neste verão?

¿Qué puedo hacer para que mi hijo no tenga tanto calor en la sillita este verano?

27/06/2018

Depois de uma primavera de pouco calor, o verão tem chegado com todo seu esplendor e, com ele, temperaturas que em alguns pontos da península já chegam aos 40 graus. Por isso, é o momento de se propor o que fazer para que nossos filhos se sintam o melhor possível nas viagens de carro, sentados nas cadeirinhas para carro onde, apesar do que se pensa, podem fazer com que as crianças passem um mau momento devido ao calor.

Já sabemos, pela quantidade de artigos e notícias dedicados a esse tema durante os últimos anos, que bastam 25 graus no exterior e 10 minutos com o carro em pleno sol para que a criança sofra um choque de calor. Existem muitos conselhos para evitar que as crianças sofram choques de calor, dentro do possível, mas está claro que, se as temperaturas ultrapassam os 35 graus, as crianças vão passar calor. Aqui segue alguns conselhos para diminuir o calor na cadeirinha para carro, seja nas viagens longas ou nos trajetos curtos diários.

Mantenha o carro na sombra o maior tempo possível

Isto pode parecer pouco importante se vamos ficar poucos minutos parados com o carro, mas a busca da sombra deveria ser prioritária em qualquer situação. Tudo que for para proteger o carro dos raios diretos do sol, será bem-vindo assim que voltarmos a sentar no interior do veículo. Claro, ninguém pode permanecer no carro se o mesmo não estiver em movimento, mesmo sendo por pouco tempo.

A dica para que, passemos menos calor dentro do carro, é ficar na sombra sempre que for possível. Inclusive embaixo da terra, em um estacionamento subterrâneo se temos essa possibilidade. Ao fazer isto o que conseguimos é manter a cadeirinha para carro fresca.

Este é um ponto crítico: se a cadeirinha para carro recebe os raios de sol diretamente, suas diferentes partes podem atingir temperaturas perigosas até o ponto de provocar queimaduras na pele exposta das crianças no verão. Por exemplo, o encosto de cabeça pode atingir temperaturas superiores a 60 graus, enquanto o próprio assento superará com facilidade os 50 graus, podendo provocar queimaduras de certa importância. Por outro lado, as fivelas metálicas dos arneses podem absorver o calor com muito mais rapidez, por isso é importantíssimo verificar a temperatura em que se encontram antes de sentar as crianças.

Uma solução melhor que procurar a sombra é acrescentar quebra sol em nossa rotina. Uma vez estacionados, ainda que seja embaixo da melhor das sombras, podemos colocar o quebra sol em pontos estratégicos: no para-brisas, claro, e também nas janelas (quanto mais luz tampar, melhor). 

Por outro lado, proteger a cadeirinha é fundamental para que nossos filhos não passem tanto calor, e para isso podemos utilizar diversos truques: desde empregar guarda-sóis com certa criatividade (ainda que sempre fiquem ocos, sem cobrir) até utilizar capa especialmente fabricadas para cobrir cadeirinhas para carro (capas contra sol e capa anti-uva). Existem também uns tapetes e almofadas transpiráveis que ajudam as crianças viajarem mais frescas.

Para terminar, recordamos que é bom esfriar o carro utilizando o ar acondicionado, dentro do possível, antes de sentar as crianças e abrir as janelas para expulsar o ar quente do interior. E, principalmente, tomar nota destes conselhos específicos para que as crianças não sofram golpe de calor neste verão.


Objetivo Zero
Back to top