Skip to Content

O que acontece se viajarmos com uma cadeira mau instalada?

O que acontece se viajarmos com uma cadeira mau instalada?

14/09/2017

Em matéria de segurança rodoviária existem vários pontos de risco claro, seja do ponto de vista do condutor ou dos ocupantes de seu veículo, e um dos mais imprevisíveis é o do erro humano. Se falamos de sistemas de retenção, e mais especificamente de sistemas de retenção infantil, uma grande percentagem das ocorrências produzem-se por um erro humano ao fixar a cadeira no carro ou ao ajustar os cintos.

Para evitar isto existem novas homologações como a que conhecemos como i-Size, além da ISOFIX. ISOFIX nasceu com o propósito de ancorar a cadeira de forma simples ajudando a evitar os erros mais típicos ao prender a cadeira no assento, enquanto o i-Size melhora e acrescenta mais características focadas no bom uso dos SRI por parte de qualquer pai. As homologações que se baseiam no cinto de segurança do carro para ancorar a cadeira aumentam a possibilidade de erro em sua colocação. As cadeiras são igualmente seguras seja com ISOFIX ou i-Size, mas o erro na colocação é um de seus pontos negativos mais conhecidos.

Se viajarmos com uma cadeira mau instalada estaremos pondo em risco a criança e também os demais ocupantes, já que o SRI está projetado para estar corretamente fixo pelos cintos, ou com a ancoragem ISOFIX. Se não fizermos da forma correta, é muito possível que não cumpra com suas funções de proteção como devido. Se a cadeira soltar-se em caso de colisão pode chocar-se contra outro ocupante do veículo ou contra o condutor, além de que é possível que a criança se choque contra alguma parte do interior do carro, ou contra as janelas.

Dicas para instalar a cadeira no carro e ajustar a criança

Em um dossiê da Fundación MAPFRE sobre o uso dos sistemas de retenção infantil na Espanha e América Latina, publicado em outubro de 2016, é detalhado os erros mais comuns na colocação e ajuste dos SRI, tanto na montagem incorreta do sistema de retenção no veículo, como o posicionamento incorreto da criança no SRI, como da má colocação do arnês de retenção. Os erros mais perigosos a serem levados em conta, e evitados, são (segundo o projeto CHILD):

  • Arnês / cinto frouxo.
  • Cinto que por algum motivo não se fixa de maneira correta à fivela.
  • Dobras no cinto ou no arnês.
  • Mau posicionamento dos cintos, isto é, quando os cintos não são colocados nos pontos indicados pelas instruções do fabricante do SRI.
  • Quando uma parte do cinto passa por trás das costas da criança ao invés de estar apoiado sobre o ombro.
  • Cinto por baixo do braço.
  • Cinto muito alto.
  • Instalação ou orientação incorreta.
  • Quando o SRI não é o adequado para as características físicas da criança.

As consequências de uma colocação incorreta, pode ser muito grave principalmente em regiões como a cabeça e rosto, pescoço e coluna cervical, peito, abdómen e extremidades, por isso se recomenda ter muita precaução e pouca pressa na hora de colocar a criança no carro e ao fixa-los em sua cadeira.

 

Segue também estas dicas práticas para não cometer erros

Ayúdanos a conseguirlo

Back to top