Skip to Content

Novos testes Euro NCAP 2020: Conheça o carro que conseguiu obter cinco estrelas em segurança

Nuevas pruebas Euro NCAP 2020: Conoce el coche que ha conseguido cinco estrellas en seguridad

28/09/2020

O Euro NCAP, um organismo independente que analisa e avalia o nível de segurança de muitos dos carros lançados no mercado, endureceu seus testes com requisitos mais exigentes para conseguir as cinco estrelas. O novo Toyota Yaris, do qual se destaca seu airbag central nos bancos dianteiros, foi o primeiro carro a conseguir as cinco estrelas Euro NCAP pelos seus elevados níveis de segurança. 
O principal objetivo do Euro NCAP é avaliar os níveis de segurança dos carros para que os usuários possam ter pleno conhecimento do grau de proteção que oferecem. Especificamente, esse organismo avalia pontos como a proteção para adultos (motorista e passageiros), proteção infantil, proteção para pedestres e as tecnologias de prevenção de acidentes.
Este ano, o Euro NCAP endureceu os testes e, portanto, não é aconselhável comparar os testes com veículos de anos anteriores. O primeiro a conseguir as cinco estrelas com este novo protocolo foi o Toyota Yaris (veja aqui quais foram os resultados obtidos). 
Trata-se do Toyota Yaris de quarta geração. O veículo em questão passou com sucesso no teste de deslocamento dianteiro, um novo teste que foi incorporado em 2020 e que veio para substituir o usado desde 1997. O carro é o primeiro a abordar as lesões por impactos laterais do lado oposto. Os impactos laterais são responsáveis por cerca de um quarto de todos os acidentes e, desde que começou, o Euro NCAP conduz testes no lado do motorista do carro. No entanto, quase metade dos ocupantes feridos em impactos laterais estão do lado oposto do acidente.
euroncap-yaris-farsideimpact.jpg 
O teste de Barreira Móvel Deformável Progressiva (MPDB, nas siglas em inglês) avalia a proteção que um carro oferece aos seus ocupantes, bem como os riscos que representa para o carro com o qual colidiu. O Yaris, em geral, foi bem nesta prova, seu tamanho pequeno e sua parte dianteira deformável o tornam um dos carros que menos sofre. Esta imagem nos mostra em que consiste o teste:
euroncap-barreradeformable.jpg  
Deve-se destacar especialmente os dois airbags centrais localizados entre o assento do motorista e o assento do copiloto que reduzem as consequências e possíveis lesões por impacto entre os dois ocupantes, aos quais devemos agregar importantes avanços tecnológicos para evitar colisões, como o sistema inovador Toyota Safety Sense, uma tecnologia que oferece um certo grau de autonomia, alertando o condutor de potenciais perigos e auxiliando na condução. Especificamente, conta com um alerta de desvio de faixa, farol alto automático, que oferece uma direção mais segura à noite, e uma câmera e sensores que detectam veículos à frente, além de pedestres e ciclistas. O sistema nos alerta com sinais sonoros para evitar acidentes. Toyota Safety Sense também possui reconhecimento de sinalizações de trânsito, controle de velocidade adaptativo, sistema de manutenção de trajetória, detector de ponto cego, detector de tráfego traseiro, assistente de estacionamento e controle inteligente de farol alto. 
Airbags centrais::
euroncap-airbagscentrales.jpg  
Neste vídeo, você pode ver os testes de colisão aos quais o Toyota Yaris foi submetido:

NOVOS TESTES EURO NCAP 2020

O organismo incorporou um novo teste de impacto frontal na hora de avaliar a proteção oferecida pelos veículos aos ocupantes adultos. É avaliado em que medida o carro interage com os outros participantes na colisão e como protege seus ocupantes. 
Especificamente, o impacto de barreira lateral é mais forte, com uma maior massa do veículo e uma maior velocidade de impacto.  A barreira deformável estacionária foi substituída por uma barreira móvel de 1.400 kg que se torna mais rígida à medida que se deforma. Tanto o veículo quanto a barreira são conduzidos a uma velocidade de 50 km/h.
Este ano, nos impactos laterais, foi incluída uma avaliação da proteção dos ocupantes do lado oposto e a interação dos ocupantes do veículo nesses impactos. 
Pela primeira vez, estão sendo avaliados os recursos e as adaptações feitas para facilitar o resgate rápido e a remoção segura após uma colisão. 
A mudança feita nos impactos da barreira frontal e lateral também influenciará o desempenho dinâmico dos dummies infantis e a avaliação da proteção dos ocupantes menores de idade. 
Foram atualizados os testes dos sistemas de frenagem autônoma de emergência (AEB). Agora três cenários são avaliados: 
  • Com o veículo da frente completamente parado.
  • Com o veículo da frente em velocidade inferior à do veículo que está sendo testado.
  • Com o veículo da frente freando em distâncias diferentes do veículo que está sendo testado. Este sistema também é testado, por exemplo, ao virar em um cruzamento em sentido contrário e ao virar e encontrar uma faixa de pedestres. Em última análise, o organismo pontua todos os sistemas que conseguem evitar uma colisão em todos os cenários ou que conseguem reduzir significativamente a gravidade do impacto. 
O Euro NCAP continua avaliando os veículos que contam com sistemas como o lembrete de cinto de segurança e está incorporando o «Controle do Estado do Condutor», que também inclui sistemas para determinar se o motorista está cansado ou alterado. 
Como já dissemos, todas estas alterações na avaliação tornam desaconselhável a comparação entre veículos de anos diferentes, uma vez que as provas e testes aos quais foram submetidos variam e, portanto, as comparações não são feitas com base nos mesmos critérios. 
Objetivo Zero
Back to top