Skip to Content

Levar brinquedos de viagem, porque é perigoso

DefaultAlt

14/05/2015

O segundo, a tontura, às vezes é inevitável, mas podemos diminuir, é se deveriam ou não levar brinquedos durante a viagem. Esta pergunta tem a ver, principalmente, com como podemos entreter as crianças durante as viagens longas, porque todos sabemos a pouca paciência de uma criança para permanecer sentada “sem fazer nada” durante um bom tempo.

O uso de suportes digitais é um grande avanço em entretenimento para os mais pequenos. Assistir um filme, falando mais claro, é um bálsamo de noventa minutos para que as crianças estejam entretidas com seus personagens preferidos, e enquanto vamos fazendo quilômetros e passando etapas. No entanto, tudo que é bom se acaba, e as crianças podem preferir fazer outras coisas enquanto viajamos.

Levar brinquedos nas mãos com o veículo em movimento não é recomendável por muitas razões. A principal é que os brinquedos se convertem, em caso de colisão, em armas sem controle que podem fazer dano aos demais passageiros do carro. Um objeto livre converte-se em um objeto pesado e perigoso em caso de choque, e por isso não é recomendável que tenha objetos assim dentro do carro. Incluímos nesta lista as garrafas de água ou qualquer outro objeto que não esteja preso ou bem colocado em algum espaço seguro.

Outra razão de importância para que não levemos brinquedos no carro é que podem nos distrair, como condutores, se a criança deixa cair das mãos o que nesse momento estivesse a manipular, pois o primeiro que faria seria pedir o objeto de volta. Parece algo simples, mas é uma causa de distração muito comum, principalmente, se a criança fica chateada ou começa a chorar por esse motivo.

Levar objetos soltos no habitáculo é um problema que se evita, em primeiro lugar, tendo isto presente; em segundo lugar, pensando em alternativas para que as crianças estejam ocupadas com algo diferente. Inclusive os smartphone, que não levamos soltos, mas egurando com as mãos, podem ser um perigo em caso de colisão. Com o golpe e o “aumento de importância” de ditos aparelhos pela inércia, pode ser muito difícil continuar segurando e podem passar pelos dedos, sendo em realidade objetos soltos.

A melhor solução é a indicada acima: ter um sistema de entretenimento como um DVD portátil (corretamente instalado para que não esteja solto) ligado às telas situadas na parte traseira do banco do motorista. Existem muitas soluções que não implicam instalação, como suportes para tablets, que permitem programar filmes ou desenhos animados para distrair as crianças durante a viagem.

Back to top