Skip to Content

Dispositivos para adaptar o cinto de segurança nas grávidas, são seguros? Abordamos a taxa de acidentes rodoviários infantis registado em Portugal

Dispositivos para adaptar el cinturón a embarazadas, ¿son seguros?

07/03/2018

As mulheres grávidas podem conduzir, a não ser que seu médico ou parteira desaconselhe, durante praticamente toda sua gravidez. Existem alguns meses onde a condução oferece maior risco para a mulher e para o feto, mas em geral não há nada que impeça desempenhar uma vida normal, incluindo a condução. Tendo recebido o conselho médico, é a própria mulher que será consciente de seu estado, e se for o caso das possíveis limitações que possui. No caso de encontrar-se indisposta, cansada ou incómoda será ela em primeiro lugar que irá decidir se vai ou não conduzir.

Como indica o Regulamento de Circulação, é obrigatório o uso do cinto de segurança em qualquer assento do carro, e as mães que conduzem devem ajustar-se corretamente no mesmo, antes de mais nada. A correta colocação do cinto de segurança é fundamental no caso das grávidas: coloca-se a faixa da parte pélvica sobre a virilha e sob o ventre.  A parte superior deveria passar entre os dois seios, e de forma alguma esta rotina deve ser  modificada, pois diminuiria a proteção que oferece este sistema de retenção (Veja nosso infográfico).

Os dispositivos para adaptar o cinto às grávidas não são mais que sistemas de fixação que se encarregam de manter o cinto de segurança do carro na posição correta. Com eles estaremos seguros de que o cinto de segurança não irá deslizar durante a condução e que não se situa sobre o ventre da grávida, algo que sem dúvida colocaria em grande risco à mamãe e o bebé em caso de colisão.

Por tanto, estes dispositivos para o cinto de segurança não são, por si só, sistemas de segurança passiva do carro. Os mesmos devem cumprir com uma  série de requisitos mínimos de segurança, como por exemplo que estejam homologados em conformidade com as normas ECE R16 e ECE R14 sobre cintos de segurança e suas ancoragens ao veículo. Também aconselha-se procurar dispositivos aprovados, revisados e recorrer a marcas com boas qualificações, sem nos deixar influenciar por preços baixos. Para qualquer dispositivo associado à segurança do condutor e passageiros, o preço é irrelevante comparado com a contribuição que nos oferece em relação a proteção.

Além de tudo o que foi dito, não deixe de consultar nosso conjunto de mandamentos sobre as coisas que não deverá fazer, se estiver grávida, ao volante de seu carro. Não se trata de proibições, nem de nada que se possa considerar como ilegal ou que viole o Regulamento de Condução. São conselhos para que a condução seja o mais agradável possível, e para limitar ou reduzir ao mínimo os possíveis riscos associados.

Objetivo Zero
Back to top