Skip to Content

DICAS para renovar e escolher a cadeira mais adequada de acordo com as necessidades

DICAS para renovar e escolher a cadeira mais adequada de acordo com as necessidades

28/08/2017

Chegou o momento de mudar de cadeira e você não sabe qual direção deve seguir ou quais elementos deverá levar em conta para escolher o sistema de retenção infantil mais adequado para seu filho. Em ‘Segurança Rodoviária Infantil’ oferecemos para você uma série de recomendações que poderão te ajudar a tomar esta importante decisão.

Sabemos que há chegado a hora de mudar para uma nova cadeira quando a cabeça da criança já ultrapassa a altura do encosto de cabeça ou quando a mesma exceder o peso máximo indicado para este SRI. Também teremos que mudar de cadeira quando a mesma tenha sido danificada em um acidente de trânsito ou frenagem brusca ou por deterioração causada pelo passar do tempo.

Nem todas as crianças requerem das mesmas cadeiras e o sistema de retenção infantil que pode ser ideal para um conhecido poderá não ser ideal para seu filho. Daí a importância de ser levado em conta uma série de fatores.

1. Escolher qual homologaçaão queremos: peso ou altura

Em regra geral, sempre teremos que mudar para a cadeira imediatamente superior. Em primeiro lugar devemos ter claramente em nossas cabeças se queremos um sistema de retenção infantil que esteja homologado pela R44/04 ou pela R-129 (i-Size).

Primeiramente temos que levar em conta o peso da criança e em seguida sua altura. A R-129 vem substituindo pouco a pouco a R44, além de oferecer uma maior proteção em impactos laterais, por isso, se optarmos por uma cadeira homologada por esta homologação será uma boa opção. Se optamos por uma cadeira homologada por peso, devemos ter em mente que podemos seguir utilizando-as sem problemas, já que atualmente ambas as normas estão em vigor e poderão ser usadas.

Por exemplo, se temos um SRI do Grupo 0 ou 0+ (de 0 a 13 kg, aproximadamente até 1 ano) teremos que olhar para as cadeiras do Grupo I, isto é, sistemas de retenção infantil para crianças de 9 a 18 kg, aproximadamente desde os 8 meses até os 3 ou 4 anos de idade) ou cadeiras evolutivas, isto é, que podem ser usadas nos Grupos 1, 2 e 3. Se queremos uma cadeira homologada pela R-129, teremos que olhar um SRI de 45 a 105 cm. Consulte aqui todas as cadeiras.

Importante: Atualmente realizam-se no mercado muitos crash test externos. No entanto, devemos ter em mente que se a cadeira conta com a correspondente homologação é porque há superado os requisitos mínimos de segurança.

2. Sistema ISOFIX ou cinto de segurança

Também devemos levar em conta se queremos que a cadeira vá fixa com o sistema ISOFIX ou com o cinto de segurança. Também há um sistema combinado de ambos para as cadeiras maiores.

Por um lado, devemos observar se o  nosso veículo conta efetivamente com as ancoragens isofix. Podemos ler no manual do automóvel ou procurar diretamente o logo ou a palavra ‘isofix’ dentro do veículo.

A seguir, teremos que escolher um SRI com isofix que efetivamente possa ser instalado no carro. Podemos encontrar cadeiras que poderão ser instaladas em todos os veículos (universais) ou, pelo contrário, que só poderão ser ancoradas em carros específicos (semi-universais).

Se optamos por uma cadeira que seja fixada com cinto de segurança, é importantíssimo seguir todos e cada um dos passos para não cometermos erros em sua instalação. A melhor opção é ir a uma loja especializada onde te permitam provar a cadeira no carro e te ofereçam orientação de como fixa-la corretamente.

Aqui você poderá encontrar conselhos para instalar a cadeira e fixar as crianças.

3. Comodidade da criança

É um ponto importantíssimo. A criança vai passar muitas horas sentada na cadeira e é fundamental que a viagem seja o mais cómoda possível. Quando testarmos a cadeira na loja, devemos colocar a criança e observar se efetivamente proporciona uma postura correta, se o assento não interfere na hora de acomoda-la em posição mais ou menos erguida, se a cadeira conta com redutor no caso das crianças menores, se as almofadas são acolchoadas, se conta com capas especiais para o verão, se o assento elevatório é com encosto

Conheça aqui as partes principais de um sistema de retenção infantil.

Aqui você encontrará mais conselhos para escolher a melhor cadeira.


Ayúdanos a conseguirlo

Back to top