Skip to Content

Conhece a Agenda de Ação 2020 da #SavesKidsLives?

Conhece a Agenda de Ação 2020 da #SavesKidsLives?

04/07/2016

A Agenda de Ação 2020 da #SavesKidsLives tem como objetivo cumprir cinco prioridades chave. Os governos de todo o mundo comprometeram-se a reduzir para metade o número de vítimas fatais em acidentes de trânsito até 2020. Tal como foi indicado pela organização, mais de um milhão de pessoas já assinaram a "Declaração das Crianças para a Segurança Rodoviária". O objetivo é fazer uma convocatória urgente para que as medidas necessárias para salvar vidas e chegar ao objetivo proposto de redução de vítimas se tornem realidade e sejam implantadas.

#SaveKidsLives é uma campanha oficial coordenada pelo Grupo de Apoio em Matéria de Segurança Rodoviária da ONU (Organização das Nações Unidas), do qual a Fundação MAPFRE faz parte. Foi lançada 6 meses antes da Terceira Semana Mundial para a Segurança das Nações Unidas em maio de 2015. A campanha faz uma convocatória de ação urgente para reduzir o número de mortos e feridos até 2020, visando especificamente reduzir à metade o número de mortes nas estradas para esse ano.

Para tal, foi implementada uma campanha na qual se faz um apelo à ação para poder cumprir o desafio: www.savekidslives2020.org.

A Agenda de Ação 2020 é o próximo passo da Declaração das Crianças 2011-2020 da campanha da #SaveKidsLives. É baseada no Plano Mundial para a Década de Ação para a Segurança Rodoviária 2011-2020 e na Declaração de Brasília, assinada por governos de todo o mundo.

CINCO PONTOS IMPRESCINDÍVEIS DA AGENDA DE AÇÃO 2020

  1. Trajeto seguro até à escola para todas as crianças: Todos merecem ir à escola com segurança e, para isso, é necessário estabelecer a obrigatoriedade de utilizar veículos e estradas mais seguras, além de controlar a velocidade ao redor das escolas. Ainda hoje muitas crianças são obrigadas a caminhar por estradas para chegar à escola. Não contam com caminhos para peões, há pouca visibilidade e não há policiamento para auxiliá-las. Conforme a organização, mais de 500 crianças não chegam à escola e morrem na estrada a cada dia em todo o mundo.
  2. Transporte seguro à escola, incluindo cintos de segurança em todos os transportes escolares: Muitos desses menores viajam em autocarros escolares e outros meios de transporte todos os dias. No entanto, alguns não têm cintos de segurança, portanto as crianças vão à escola sem esse elemento de segurança importante. O objetivo é conseguir que todas as crianças possam ir em autocarros e automóveis com cintos de segurança.
  3. Capacetes de motocicleta para todas as crianças: Em muitas ocasiões, as motas ou ciclomotores transformam-se no meio de transporte principal da família, especialmente em países em desenvolvimento, onde as motas superam o número de automóveis. Não podemos esquecer que o uso do capacete reduz drasticamente as possibilidades de mortes e lesões em caso de acidente. Por isso, recomendamos o nosso artigo: "Transportar crianças de mota: normas e restrições".
  4. Veículos seguros para crianças e fomento do uso de sistemas de retenção infantil: Sabemos a importância de transportar as crianças em sistemas de retenção infantil desde o momento em que nascem até que possam usar o cinto de segurança em condições ideais. É necessário estabelecer normas e que a cadeirinha seja adequada ao tamanho e ao peso do menor, adaptando-se às diferentes fases do seu desenvolvimento. Aqui vai encontrar conselhos para escolher "A cadeirinha mais segura".
  5. Aplicação das leis e ação contra o álcool ao volante: Cerca de 20% dos motoristas falecidos nas estradas conduziam com excesso de álcool no sangue; a percentagem em países de rendimento baixo e médio sobe para 69%, conforme dados da organização mencionada. Por isso, são necessários programas efetivos contra o álcool ao volante. Deste modo, será reduzido o número de mortos e feridos em acidentes de trânsito nas estradas.



Ayúdanos a conseguirlo

Back to top