Skip to Content

Como deve viajar uma criança com mais de 1,35 m?

Como deve viajar uma criança com mais de 1,35 m?

26/05/2017

O regulamento indica que na Espanha os menores de idade com estatura inferior ou igual a 1,35 m devem ir nos assentos traseiros, empregando um sistema de retenção infantil homologado adaptado para seu tamanho e peso. Quer isto dizer que quando a criança passar desta altura já pode viajar sem cadeira? Segundo o regulamento, sim. No entanto, em termos de segurança pode ser que tenhamos que prolongar o uso destes dispositivos por mais tempo.

A explicação principal é que a lei costuma exigir aqueles requisitos mínimos para garantir uma maior segurança viária infantil. As crianças menores de 1,35 m obrigatoriamente devem ir em sua respectiva cadeira, porque de forma alguma poderam usar o cinto de segurança de um adulto. É o mínimo que se pode exigir. No entanto, o ideal é que as crianças usem estes dispositivos de segurança, neste caso assentos elevatórios (-melhor com encosto), até 1,50 m.

De fato, encontramos o que se trata de uma medida muito utilizada em outros países da Europa. Por exemplo, devem viajar em suas respectivas cadeiras crianças com estatura igual ou inferior a 1,50 m em países como Alemanha, Áustria, Bulgária, Chipre, Itália, Hungria, Malta, Polónia, Rumania, Eslováquia, Eslovénia, República Checa, Irlanda, Letónia, Luxemburgo, Turquia. Na maioria desses casos falamos de crianças menores de 12 anos. Aqui poderá consultar uma infográfico com o regulamento vigente nos países da União Européia.

O relatório "Assentos elevatórios no automóvel: Até quando temos que usar?" (espanhol), realizado pela Fundación MAPFRE, deixamos de utilizar assentos ou almofadas elevatórias muito cedo, passando a utilizar os cintos de segurança antes do tempo. Devemos ter em conta que os cintos para adultos podem não ficar bem ajustados ao corpo de uma criança de 12 anos.

Por isso, não devemos ter pressa em tirar os assentos elevatórios antes do tempo, ainda que a criança passe de 1,35 m de altura. De fato, o recomendável é usá-los até os 1,50 m. Em todo caso, pode ser feito o uso do cinto de segurança unicamente quando a criança ficar bem fixada e segura.

Se o cinto não se ajustar bem ao corpo da criança, a proteção da mesma não é a adequada e o risco de sofrer algum tipo de lesão aumenta. As consequências de não utilizar um assento elevatório quando for necessário pode ser terrível.

Aconselhamos utilizar um assento elevatório em todos os casos em que as crianças forem demasiadamente grandes para utilizarem outros tipos de cadeiras infantis mas ainda forem pequenas para utilizarem com segurança o cinto de segurança para adultos do veículo. De fato, demonstrou-se que estes assentos elevatórios são 45% mais seguros que os cintos de segurança para adultos em crianças de 6 a 12 anos.

Recordamos que estão atualizando à homologação de assentos elevatórios. Neste sentido, tanto o R-129 como o R44/04 defendem o uso de assentos elevatórios com encosto. Só serão homologados assentos elevatórios sem encosto para o Grupo 3 e sobre a R44/04. Todos os assentos elevatórios que estiverem homologados com a R-129 serão com encosto. Consulte aqui todas as novidades sobre assentos elevatórios com encosto.

Por isso, não há porque ter pressa em abandonar um assento elevatório. Com este infográfico poderá ver se o cinto de segurança irá ajustar-se corretamente:

Alzador
 
Ayúdanos a conseguirlo
Back to top