Skip to Content

Como as crianças devem viajar depois de chegar no destino de férias?

Desplazamientos en destino

24/06/2019

Independentemente do veículo ou sistema de transporte que utilizamos para chegar em nosso destino de férias, uma vez lá, nós certamente escolheremos outros meios para nos deslocar em família. Seja para fazer uma rota turística, ir à praia ou visitar uma cidade próxima, devemos estar preparados para que qualquer opção ao nosso alcance seja uma opção segura.

Se o destino estiver dentro de nossas fronteiras, temos que respeitar, obviamente, os regulamentos. No caso de viajar pela Europa, recomendamos que você verifique este site que possui as regras de trânsito de cada país da União – e aqui você pode ver dicas para dirigir em outros países do mundo –. E, a propósito, aqui está a lista de «sanções sem fronteiras» em termos de regulamentos viários. No momento de especificar o uso de sistemas de retenção infantil, em ‘Segurança Viária Infantil’ nós abordamos tanto a normativa da União Europeia (onde há certa uniformidade), quanto da América Latina e Estados Unidos. 

Também contamos com infográficos onde são apresentados os regulamentos:

-União Europeia

-Estados Unidos

-América Latina

Em Portugal, a legislação determina que:

-As crianças com menos de 12 anos de idade transportadas em automóveis equipados com cintos de segurança, desde que tenham altura inferior a 135 cm, devem ser seguras por sistema de retenção homologado e adaptado ao seu tamanho e peso.

O transporte das crianças referidas no número anterior deve ser efetuado no banco da retaguarda, salvo nas seguintes situações: 

a) Se a criança tiver idade inferior a 3 anos e o transporte se fizer utilizando sistema de retenção virado para a retaguarda, não podendo, neste caso, estar ativada a almofada de ar frontal no lugar do passageiro; 

b) Se a criança tiver idade igual ou superior a 3 anos e o automóvel não dispuser de cintos de segurança no banco da retaguarda, ou não dispuser deste banco.

Nos automóveis que não estejam equipados com cintos de segurança é proibido o transporte de crianças de idade inferior a 3 anos.

Isto é para o caso de viajar em seu próprio carro ou em um carro alugado. Nesse caso, os regulamentos no destino são os mesmos das nossas viagens habituais. No caso de viajar em outro meio de transporte, recomendamos ler este artigo que especifica os regulamentos referentes a cada um deles: trem, avião, ônibus, etc. Observe o caso particular de viajar de avião.

Outro veículo que podemos escolher para nossas férias é um motorhome. Neste caso, o veículo é tratado como se fosse um carro de turismo e as crianças devem viajar protegidas por um SRI em boas condições, adaptado a seu tamanho e peso. 

Se a criança possuir alguma deficiência ou necessidades especiais, lembre-se de que temos uma seção específica com uma infinidade de artigos dedicados a cada necessidade específica. 

Finalmente, se vamos pedir um táxi no destino, devemos saber algumas coisas sobre isso. Primeiro, que a responsabilidade pelo menor é do tutor – ou seja, da pessoa responsável pela criança –. Em segundo lugar, se o trajeto a ser percorrido for dentro da cidade, a criança pode viajar sem um sistema de retenção nos assentos traseiros, enquanto se a viagem for interurbana, é obrigatório instalar um SRI.

Como sempre dizemos, é vital viajar sempre com o sistema de retenção infantil adequado ao peso e à altura e sempre homologado, seja na cidade ou em estradas interurbanas, embora não seja obrigatório. A segurança da criança deve vir sempre em primeiro lugar.

Objetivo Zero
Back to top