Skip to Content

Como deve ser o capacete ideal para uma criança que anda de bicicleta?

¿Cómo debe ser el casco perfecto para un niño cuando va en bicicleta?

13/06/2018

O capacete é um dos sistemas de segurança mais importantes quando as crianças andam de bicicleta, seja como passageiras ou como ciclistas. Saber qual é o capacete mais adequado e como deve ficar é uma tarefa que pode não ser tão fácil. Oferecemos a seguir uma série de recomendações para escolher o capacete que melhor se adapte a criança.

Temos abordado em diferentes ocasiões como devem viajar de bicicleta as crianças  e o capacete é um elemento fundamental que não pode faltar em nenhum caso, tanto se andarem por via interurbana (especialmente) como em via urbana. No caso de uma colisão, ou um simples incidente, um ciclista perde o equilíbrio e cai no chão, e tem certa probabilidade de golpear com a cabeça contra o asfalto, na guia ou em um carro, por exemplo. O uso do capacete não garante a ausência de lesões, mas sim reduz em percentagens elevadas de sofrerem lesões graves.

Oferecemos a vocês uma série de recomendações a serem levadas em conta para escolher o capacete mais adequado e saber se está bem colocado:

1. O capacete deve ser do tamanho correto e conforme à cabeça da criança. Não deve ser utilizado nem muito grande nem muito pequeno.

2. Deve ser um capacete homologado. Nos Estados Unidos, o capacete deve cumprir com as regras da Comissão de Segurança dos Produtos dos Consumidores (CPSC). Na Europa devem contar com a homologação CE-EM 1078.

3. Na hora de escolher a mais adequada, há que ser levado em conta as cores chamativas ou as faixas refletivas, que contribuem a uma melhor visibilidade.

4. Deve estar em uma posição nivelada. Não deve estar nem para frente e nem para trás. Também não deve estar para os lados. Não pode interferir nem no ouvido nem na visão.

5. O capacete não deve estar mais que 2 dedos acima dos olhos, isto é, deve ter dois dedos entre nossos olhos e o capacete, não mais que isso. Se a criança olhar para cima, deverá poder ver a borda inferior do capacete.

6. As correias devem estar sempre justas ao rosto, evitando que se retorçam e estejam muito apertadas. Devem estar justo.

7.  As correias (laterais) devem fazer um ‘V’ embaixo das orelhas. Não pode as tampar. 

8. A criança deve abrir a boca o máximo possível para comprovar que o capacete está bem ajustado. O capacete deve ‘ficar justo‘’ na cabeça. Se fica frouxo, há que aperta-lo um pouco mais. 

9. Nem todos os capacetes devem ser usados para todas as atividades. O capacete usado em uma motocicleta não é o mesmo utilizado em uma bicicleta. Há que levar em conta que as crianças sempre devem usar um capacete para todas as atividades desportivas que forem fazer sobre rodas.

10. Após uma queda ou um golpe, recomenda-se mudar o capacete. Pode parecer que não está danificado mas, no entanto, sua capacidade para absorver os golpes poderá ter sido afetada e já não será capaz de proteger adequadamente.

11. Por último, há que ser levado em conta que as crianças tendem a imitar o que fazem os adultos. Se observam que os maiores usam o capacete, ela também o fará. Faça com que seja um hábito e que o faça de forma automática sempre que forem utilizar a bicicleta.  

Aqui oferecemos a você todas as dicas para que as crianças circulem de bicicleta de forma segura.  

Objetivo Zero
Back to top