Skip to Content

As cadeirinhas para crianças menores de 4 anos devem contar obrigatoriamente com um dispositivo anti-esquecimento na Itália

Las sillitas de coche de niños de menos de 4 años deberán contar obligatoriamente con un dispositivo antiolvido en Italia

17/10/2019

Sair do carro e esquecer a criança em seu interior pode ter os dias contados na Itália. O Ministério de Infraestrutura e Transportes implementou um decreto para complementar o Artigo 172 do Novo Código de Trânsito, a fim de fazer com que os sistemas de retenção infantil possuam dispositivos anti-esquecimento obrigatórios no caso de crianças menores de 4 anos, como anunciado pelo próprio ministério.

A obrigação entrará em vigor assim que o decreto for publicado no Diário Oficial nos próximos dias. De fato, estão sendo estudadas maneiras de realizar uma redução fiscal para facilitar sua compra pelos usuários. De acordo com diferentes meios de comunicação, os fabricantes de cadeirinhas já estariam trabalhando para incorporar esses dispositivos em seus SRIs. 

A verdade é que se trata de um país pioneiro em medidas como essa. E esquecer a criança dentro do carro pode trazer sérias consequências, pois ela pode morrer de insolação. 25 graus do lado de fora e 10 minutos são suficientes para uma criança sofrer de insolação dentro do carro, conforme revelado pelo relatório  ‘Crianças em carros e insolação na infância’,  elaborado pela Associação Espanhola de Pediatria (AEP) e pela Fundación MAPFRE. De fato, não é necessário que faça muito calor, uma temperatura moderada de pouco mais de 20 graus no exterior pode aumentar a temperatura dos carros até exceder amplamente os 40 graus no interior, pondo em risco a vida das crianças.

Atualmente, existem diferentes alternativas no mercado que tentam impedir que isso aconteça. Desde sistemas instalados na cadeirinha, que avisam se há uma criança nela quando o adulto deixa o veículo, até aplicativos para celular que enviam uma mensagem quando você sai do carro, lembrando-te da presença da criança. Precisamente em um artigo anterior, nos perguntamos sobre a necessidade de tornar esse tipo de sistema obrigatório e já havíamos divulgado as intenções da Itália a esse respeito.

De acordo com diferentes meios de comunicação, os fabricantes de cadeirinhas já estariam trabalhando para incorporar esses dispositivos em seus SRIs. 

Neste vídeo explicamos as razões para não deixar as crianças dentro do carro:

DICAS PARA EVITAR DEIXAR UMA CRIANÇA NO VEÍCULO:

A pressa, o estresse, não ser algo comum no seu dia-a-dia... São muitas as razões que podem fazer uma pessoa esquecer que leva crianças dentro do veículo. Para que isso não aconteça, você pode seguir estas recomendações:


- Acrônimo ‘AAA’

  • Antecipe-se e nunca deixe uma criança no carro, nem por um minuto, e feche bem o veículo para que não possam entrar.
  • Acostume-se a isso e crie hábitos ou costumes. Coloque algum item ou objeto na parte de trás do carro, próximo à criança. Normalmente, colocar algo que será necessário no destino costuma funcionar melhor. Obviamente, o objeto não deve representar perigo no caso de uma frenagem brusca.
  • Aja. Ligue para o 190 se ver uma criança presa dentro do carro. 

-Ensine as crianças a não brincar dentro do carro e muito menos a seu redor. 

-Mantenha as chaves e os controles eletrônicos do veículo fora do alcance e da vista das crianças. Isso impedirá que elas entrem sem o seu conhecimento.

-Feche o veículo, incluindo portas e porta-malas, quando estiver sendo usado.

-Tome precauções extras como, por exemplo, criar lembretes ou mecanismos extras de aviso, como alertas no celular, certificando-se de que deixou a criança no berçário ou na escola ou estabeleça um procedimento com a escola para que te liguem se seu filho estiver atrasado. 

Por último, abordamos aqui o que fazer se uma criança estiver trancada dentro de um carro e como agir se estiver sofrendo de insolação.

Objetivo Zero
Back to top