Skip to Content

Testes para sistemas de retenção para crianças

Testes de batida

A classificação dos sistemas de retenção para crianças realizados em laboratórios de ensaio e da facilidade de utilização das cadeiras. Em 2011, para além disso, começou-se a analisar a presença de substâncias tóxicas nos materiais com que são fabricadas as cadeiras para crianças.

Choques frontais e laterais

O teste de choque frontal baseia-se na norma de homologação ECE R44, enquanto que o teste de choque lateral simula um embate lateral de aproximadamente 25 km/h na zona onde está instalado o sistema de retenção para crianças. No caso do embate frontal, é feita uma simulação de uma colisão mais grave do que a prevista na norma de homologação: o teste é feito a 65 km/h em vez de 50 km/h. Isto torna mais evidente as diferenças entre sistemas de retenção para crianças.

Critérios de utilização

Estes incluem aspetos como do cinto de segurança e a estabilidade da cadeira quando instalada no banco do automóvel, o risco de utilização incorreta, a facilidade ou comodidade com que a cadeira pode ser instalada no carro ou utilizada por crianças de diferentes estaturas, a visibilidade da criança, a facilidade de limpeza, etc.

Análise de substâncias tóxicas

Relativamente à análise de substâncias tóxicas (para os passageiros, normalmente a longo prazo, mas também, para o ambiente), é verificada a existência das seguintes substâncias, nos componentes do veículo em contato direto com as crianças, entre outras: hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, ftalatos (substâncias adicionadas aos plásticos para aumentar a sua flexibilidade), retardadores de chama, fenóis, compostos orgânicos de estanho, metais pesados.

Programa EuroNCAP

O Programa Europeu de Avaliação dos Veículos Novos (EuroNCAP) analisa diferentes aspetos da segurança dos veículos, incluindo a segurança das crianças. A principal diferença entre os testes realizados pelo EuroNCAP e pelos estudos comparativos independentes realizados pelos clubes de automóvel e associações de consumidores da Europa assenta no facto de serem os fabricantes dos veículos a decidir que sistema de retenção para crianças é instalado. Este programa, portanto, disponibiliza uma classificação válida exclusivamente para uma díade específica sistema de retenção para crianças/veículo (um sistema de retenção particular e um veículo específico). No caso dos outros estudos referenciados, a avaliação feita é de carácter geral e para um grupo diversificado de veículos.

Um conselho prático: no momento da escolha do sistema de retenção para crianças, muitas vezes, a informação disponibilizada pelos clubes de automóveis e associações de consumidores da Europa é mais útil.

Lembre-se! Para obter informação mais atualizada sobre os estudos comparativos independentes, consulte, em Espanha, o Real Automóvel Clube de Espanha (RACE), o Real Automóvel Clube da Catalunha (RACC) e a Organización de Consumidores y Usuarios (OCU) e, em Portugal, a DECO (Associação de Defesa do Consumidor). Uma vez escolhido o sistema de retenção para crianças consulte a informação adicional existente para cada modelo específico.

Regulamento ECE R44/04
Back to top