Skip to Content

Selecione o modelo de cadeira

Calcule o seu grupo

Existem vários tipos de cadeiras para o automóvel, em função do peso ou altura  do bebé ou da criança: 

Grupo 0

De 0 a 9 kg

Alcofas ou ovos adaptados para recém-nascidos. Devem instalar-se no assento posterior, em posição transversal, colocando a criança com a cabeça virada para o interior. É muito importante verificar no manual de instruções que estejam homologados para utilização no automóvel. Neste tipo de cadeira o bebé viaja deitado numa posição muito natural. No entanto, em algumas apenas vai seguro com um cinto situado sobre o ventre, pelo que, em caso de choque lateral, vai menos seguro. Em qualquer caso, no mercado existem já modelos de alcofas com arneses ou cintos em forma de “Y” que melhoram notoriamente a proteção em caso de impacto lateral.

Grupo 0 ou 0+

Grupo 0 y 0+ - De 0 a 13 kg / De 40 a 85 cm y de 45 a 105 cm (i-Size)

De 0 a 13 kg / De 40 a 85 cm e de 45 a 105 cm (i-Size)

Cadeiras para bebés, também conhecidas como “maxi-cosi”. Este tipo de assentos permite levar o bebé tanto na parte traseira como dianteira, neste último caso atendendo sempre às alterações no Regulamento em vigor desde 1 de outubro e assegurando-nos que o airbag está desligado. Situam-se sempre no sentido contrário à marcha e colocam-se no veículo através do sistema ISOFIX ou do cinto de segurança do veículo.

Importante: se a criança for no assento dianteiro, o airbag frontal deve ser desativado.

Grupo I

Group 1

De 10 a 18 kg

Estas cadeiras fixam a criança através de um arnês e fixam-se ao veículo através do cinto de segurança ou do sistema ISOFIX. Algumas cadeiras permitem a colocação em ambos os sentidos da marcha. Os arneses ou cintos de fixação da criança à cadeira devem ajustar-se conforme ela cresce de forma a evitar folgas.

Importante: numa criança de pouca idade, o peso relativo da cabeça em relação ao corpo é maior do que num adulto. Além disso, o seu pescoço não está completamente desenvolvido. Por tudo isso, é recomendável utilizar sempre que seja possível um sistema orientado para trás (embora sem nunca deixar que o assento “fique pequeno”).

Grupo II

Group 2

De 19 a 25 kg

Consiste numa almofada elevatória mais um apoio, que permite adaptar o percurso do cinto de 3 pontos do veículo aos sistemas de retenção. Neste grupo é o cinto de segurança do veículo que segura a criança, que poderá viajar tanto no assento dianteiro como no traseiro (recordar as alterações nas Normas referentes ao uso e instalação de cadeiras infantis e a desconexão do airbag dianteiro do acompanhante do condutor), no sentido da marcha. Este tipo de assentos infantis “eleva” o seu ocupante de modo que o cinto de segurança do veículo fique corretamente ajustado, passando pelas zonas de maiores resistências da anatomia da criança (as ancas, o esterno e a clavícula).

Grupo III

+ 22kg

Grupo III De 22 a 36 kg

Esta assento elevatório eleva a criança, de maneira que possa se utilizar o cinto de 3 pontos, podendo se localizar tanto nos assentos dianteiros quanto nos traseiros (lembrar as mudanças na Legislação referente ao uso e instalação de cadeiras infantis), sempre no sentido da direção do veículo.

  • Se quer-se dispor de um assento infantil que proteja também de choques laterais, deve-se utilizar um assento que disponha de encosto e de “orelhas” laterais de tamanho suficiente e acolchoamento adequado.

Além disso, devemos ter em conta as próximas mudanças normativas de homologação.

Por último, o encosto pode ajudar que a faixa superior do cinto (se situa entre o pescoço e o ombro, lembre-se que nunca no pescoço) fique melhor ajustada. Alguns assentos elevatórios do grupo III dispõem também de sistema de fixação ISOFIX, que serve para colocá-lo e fixá-lo com mais simplicidade em sua posição sobre o assento do veículo.

Alguns modelos de cadeiras abrangem vários intervalos de peso ou altura. Assim, é comum encontrar cadeiras, por exemplo, para os grupos 0+/I (as quais podem ser usadas até a criança atingir 18 kg de peso) e para os grupos II/III (dos 15 aos 36 kg). À medida que uma cadeira abarca mais grupos de peso ou altura, é cada vez mais difícil garantir o mesmo nível de segurança para todos os seus utilizadores. Por esta razão, é comum que algumas das cadeiras mais seguras sejam aquelas que servem apenas para determinado intervalo de peso ou altura. As famílias devem portanto decidir (dependendo muitas vezes do seu orçamento) se devem comprar uma cadeira para cada fase ou uma que sirva para mais do que uma etapa. 

Back to top