Skip to Content

Conselhos práticos

Conselhos práticos

Queremos que as crianças viajem sempre seguras.

Siga os nossos conselhos!

Mostrar tudo

É importante que o sistema de retenção infantil seja homologado. Isso quer dizer que cumpre com os padrões de qualidade, que a cadeirinha em questão foi submetida a testes de segurança e que foi aprovada satisfatoriamente. 

Atualmente, na União Europeia, as cadeirinhas podem ser homologadas sob dois padrões. Por um lado, a R44-04, que se baseia no peso da criança; e, por outro lado, a R-129 (i-Size), que se baseia na altura. A norma de homologação i-Size ou R-129 pouco a pouco está substituindo a R44 e será a que definitivamente permanecerá válida. 

Ambas as normas de homologação são diferentes. Aqui você pode ver as diferenças entre as duas.

O tipo de sistema de retenção adequado depende do peso e da altura da criança. Tal como com a roupa, a criança precisa de mudar de cadeira à medida que cresce.

É fundamental fixar firmemente a cadeira ao carro e sem folgas, e apertar, também sem folgas, o arnês ou o cinto de segurança.

O sistema ISOFIX facilita bastante a instalação da cadeira no automóvel, reduz a probabilidade de fixação incorreta e, de uma maneira geral, aumenta a segurança.

As cadeiras para crianças voltadas para trás nunca podem ser instaladas num lugar com airbag frontal ativo, a não ser que este esteja desativado.

Da mesma forma que existem automóveis mais seguros que outros, também existem sistemas de retenção para crianças mais seguros que outros. É fundamental que se informe previamente. 

Comprar a cadeira para o carro numa loja de confiança, com vendedores que sejam capazes de responder a todas as perguntas, ajudar a instalar a cadeira a primeira vez e que aceitem a devolução da cadeira caso seja necessário, é essencial.

Back to top